24 de abril de 2017

Trend Alert: Lingeries

tendencias lingerie

Ta, eu sei o que você tá pensando, mas a dica que vou dar hoje você quem escolhe, se vai aparecer ou não ok? Brincadeiras a parte, todo mundo já notou como as lingeries invadiram os looks mais fashions, seja sobrepondo uma T-shirt branca, ou mostrando apenas algumas tiras, as lingeries mais rebuscadas dão um toque final ao look, levemente sexy. Usar ou não usar? Vai do seu gosto, estilo e o quanto isso vai chocar as pessoas ao seu redor (no meu caso me importo bastante)

Vamos conferir as tendências da lingerie:

1 – Veludo e veludo molhado

Essa tendência pode até de dar enjoo em 2017 já que está estampado até na parede do metro, todo mundo usa veludo. Mas não é que é um charme total, principalmente nas lingeries?

lingerie veludo

2- Transparência e bordado

Esses modelinhos de tule transparente com bordados delicados são perfeitos para quem gosta de uma lingerie diferente e super sexy.
FireShot Capture 13 - Mariana Sampaio (@mariana) • Fotos_ - https___www.instagram.com_p_BTPwOdhhCGK_

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

3 – Strappy

As lingeries strappy continuam contudo. Está é uma peça perfeita para usar com camisetas de tule e jeans rasgados, por cima de t-shirts e é claro, no decotão.

lingerie veludo molhad

 

4 – Body rendado

Eita coisa marrr linda! Trend indispensável para que ama novidades, que além de sexy, você pode até levar para fora do quarto e compor looks maravilhosos com ele!

lingerie body rendado

5 – Femme fatale

Nada de básico! A onda são lingeries statement, muito trabalhadas e vão fazer você se sentir ultra poderosa em qualquer.

lingerie

lingerie renda

Pin It
22 de abril de 2017

5 Passos para descobrir seu estilo!

Goal Setting

Vamos começar este post com toda a sinceridade do mundo, ok? “Estilo” depende muito do ponto de vista! Por isso, não se apegue muito, mas considere aqui as dicas que eu vou dar para te ajudar a sair desse guara roupa meio Kylie Jenner meio Camila Coelho, tá?

No meu ponto de vista, considerar alguém estilo faz parte da sua ótima pessoal e também de um conjunto de fatores. Particularmente, envolvem personalidade, atitude, conforto, durabilidade x preço, preço x usabilidade.

Confesso que demorou um pouco até que eu entendesse quem eu queria ser, através das roupas, como eu me comportaria, quais peças seriam ideais para o meu corpo e etc… afinal, eu sou uma pessoal perfeitamente indecisa.

Quando eu descobri como fazer tudo isso, a minha mudou para melhor (não porque eu acho que alguém é definido por roupas ou algo assim), porque eu passei a gastar menos, confiar mais no meu gosto, me sentir poderosa ao vestir e gastar menos tempo na hora de escolher alguma peça em uma loja de departamento. Então se você quer resolver esses problemas que todas as mulheres enfrentam, confira as próximas dicas:

Goal Setting (2)

1 – O que você gosta de vestir?

Primeiro de tudo, você deve gostar do que veste, deve se sentir bem, confortável e bonita! E me desculpe, você já sabe do que realmente gosta, basta observar seu armário e ver o tipo de peça que sempre fica para traz ou meses sem uso.

2 – Mais atenção na hora de fazer compras!

A hora das compras merece mais atenção. Quando não temos claro em nossa mente o que precisamos ou gostamos, compramos de tudo um pouco e nosso armários vira um Frankstein, com muitas peças paradas, ou seja, dinheiro jogado fora.

3 – Em quem você se inspira?

Isso é um dos grandes nortes para quem ama motas, influencers, blogueiras e famosas. Eu comecei a notar em todas as minhas redes sociais e pastas de inspiração de looks o estilo minimalistas com um toque gram anos 70 prevaleciam, e então, me vi pensando: “Vou gastar de usar isto!”.

Como definir seu estilo

4 – Como você se sente bem?

Existem alguns modelos de roupas que foram simplesmente feitos para nós, não é mesmo? Se fossem encomendadas não seriam tão perfeitas, no meu caso as listras, os jeans, couro, preto, roupas canelas e etc. Mas existem aquelas que insistimos em usar, mas “just don’t fit”, como em mim decotes robustos, bandage e estampas florais.

5 – Um pouco de personalidade vai bem!

É claro, se não for você, será apenas uma reprodução. Você deve sim ter algum diferencial, pode ser um jeito de amarrar as camisas, usar acessórios, escolher a cor do batom ou mesmo como amarra o cabelo, mas é muito gostoso quando alguém vê esse traço do seu estilo em algum item e diz: “Achei tão você!”, não é?

Viu? Não é tão difícil, só mais um pouco de atenção, aquela limpeza no armário e foco que você vai se encontrar e montar um etilo que seja a sua cara.

 

Pin It
17 de março de 2017

10 Músicas que marcaram a minha infância e a tua também!

Capa Post - Musicas nostalgicas

Gente, ultimamente ando muito nostálgica, isso deve ser porque quanto mais a gente cresce, mais responsabilidade, mais “problemas” para resolver e mais desafios.

A vida adulta tem muitas vantagens e parques gostosas também, maaaas.. bate aquele aperto no estomago quando você ouve a música da “Bela e a Fera” – Sentimentos São. Quem nunca?

Então separei as minhas favoritas para vocês colocarem na playlist de vocês também. Confere ai 😀

The Climb – Miley Cyrus

Fifteen – Taylor Swift

Too Little Too Late – Jojo

When You’re Gone – Avril Lavigne

Big Girls Don’t Cry – Fergie

Can’t I have this dance – HSM3

Sentimentos são – A bela e a Fera

Ciclo sem fim – O Rei Leão

Como um grande homem deve ser  – Tarzan

Um mundo ideal – Alladin

 

Faltou alguma música aqui? Comenta para eu adicionar à nossa lista de músicas nostálgicas.

Pin It
1 de setembro de 2016

Compre menos, escolha melhor!

slow fashion

Eu me lembro bem quando comecei a me interessar por moda, eu provavelmente tinha uns 6 ou 7 anos e produzia looks de festa para as minhas barbies com meias que não possuíam o par. Era engraçado de mais como eu mesclava texturas e cores dese já, porém nem sempre a experiência dava certo, algumas roupas era díficeis de sair, ficavam extremamente justas e era como se a minha babie dissesse: “está muito desconfortável, apesar de lindo”.

Outros conjuntos simplesmente não eram usuais e não era possível usá-los em várias ocasiões, qualquer comparação com a realidade não é mera coincidência. Desde então eu já não me encaixava nos padrões de beleza onde tudo serve ou tudo caia bem, eu era baixinha e bem gordinha, e assim como a barbie e muitas mulheres, eu tinha um grande dilema em me vesti

A pouco tempo, sim, a pouco, descobri a maneira correta de me vestir, quais peças ficam boas no meu corpo, quais cores combinam com o meu tom de pele e quais cortes valorizam o meu corpo (nada magrinho, fino ou coisa do tipo)

Como me descobri na moda

Com o tempo eu passei a notar que tinha uma quantidade de roupas razoáveis no meu guarda roupa, porém não consegui usá-las com frequência, acabava sempre no mesmo. Foi então que eu percebi que deveria compra menos, me desprender das modinhas da Forever21 (que acabavam com o meu salário de estagiária) e apostar em escolher melhor as peças!

Confesso que…

Não consegui fazer mudanças radicais ainda, porém, passei a pensar de maneira diferente, adotei a slow fashion como estilo permanente, e o que é a slow fashion?

O slow fashion é um conceito atual que busca produzir moda de forma consciente, sem afetar em demasia o meio ambiente procurando respeitar aspectos sociais e econômicos. Através da busca de novos caminhos que façam do design, confecção e consumo a seguir para uma vertente mais justa e responsável com o planeta e seus pertencentes. – Tudo Orna.

Acredito que a moda, como vemos hoje está cada vez mais obsoleta se pensarmos a respeito da exploração da mão de obra envolvida na produção, produtos tóxicos ao meio ambiente, produção desenfreada de coleções atrás de coleções que pressionam os designer com o único objetivo de obter mais faturamento.

Não que eu seja contra a fast fashion, porém, passei a preferir coisas que realmente façam sentido, peças que possam ser combinadas com todas as outras presentes no meu guarda roupa, isto é o consumo consciente, que além de beneficiar a sociedade e o meio ambiente como todo (consumo consciente) visa trazer praticidade e bem estar para a mulher, incentivando-a a usar o que realmente lhe cai bem, serve, e pode ser facilmente escolhido pela manhã, antes do trabalho ou escola.

A slow fashion defende a produção de peças atemporais, com produção de mão de obra confiável, em sua maioria com processos artesanais, envolvendo um comércio justo, prezando pela compra em brechós e até mesmo a troca de peças entre conhecidos. Sabemos que não é tão simples assim optar por este processo, creio que isto é um processo de adaptação, que irá colaborar para diminuir a produção desenfreada, a prostituição da moda e a irresponsabilidade com o meio ambiente e as pessoas que nele estão presentes.

E não, eu não disse para você parar de comprar em fast fashion, ou militar contra a produção escrava nos países asiáticos, nem mesmo para você desacreditar que a fast fashion é boa, neste post estou expressando a minha incrível ideia de que todas as mulheres deveriam prezar pro qualidade e não quantidade, sim o consumo consciente!moda consciente

Como começar

Bom, o slow fashion é um estilo de vida, e envolve prezar por estes valores em todos os sentidos da vida: na casa, no trabalho, na comida, na decoração, e óbvio, nas compras.

O primeiro passo é estudar o que você realmente precisa para viver, o que gosta de vestir de verdade, quais são as suas peças que mais aprecem no dia a dia e ao s poucos iremos aprender a como varias e montar centenas de looks com essas peças essenciais para você.

Fica aqui o meu desabafo/dica de como devemos nos comporta e projetar a nossa cidade e país para o mundo, de forma bela, variada e o mais importe com consciência.

Quero saber a opinião de vocês!

Pin It
30 de agosto de 2016

5 DIYS para mudar o visu do seu quarto

diy para o quarto

OI PESSOAL!

Se você me acompanha, sabe que a há pouco tempo, eu e minha família, nos mudamos para a casa nova. Esses primeiros meses foram bastante decisivos para que pudéssemos escolher como seria cada cantinho. Porém, a casa é grande, e pensando a curto prazo precisávamos deixar os nossos espaços com a nossa cara.

Começando pelo ambiente mais pessoal, separei algumas opções de diy para o quarto, que além de fáceis possuem investimento {$$$} baixo, assim, se você mudar de ideia ao longo do caminho não terá grandes prejus, não é mesmo?

O bacana desses diys para o quarto é que podem ser feitos em casa, com itens fáceis de achar e ótimos para dar uma repaginada no ambiente. Então caso esteja procurando dicas de onde encontrar ou como fazer coisas fofas para deixar o seu quarto ainda mais bonito, aqui é o lugar certo!
adesivo de parede

Adesivo de parede

Você já pensou em usar adesivo de parede ao invés de papel de parede? É uma opção super bacana, clean e baratex. O legal é que além de estampas, ícones e padronagens, nós podemos usar frases de cabeceira que nos descrevem ou ilustrações de nossos artistas favoritos para nos inspirar no dia a dia.

Onde encontrar: Decohouse Adesiveshop Pequenas Causas

Como fazer: Fácil, que tal utilizar papel contact, estilete e um lápis para criar os seus próprio desenhos?

letra personalizada

Letras personalizadas

As letras personalizadas dão todo um charme para a decoração do quarto. Podem ser estilo luminária, flores ou mesmo com brilho para dar aquele up no seu quarto.

Onde encontrar: As letras personalizadas luminárias ou caixa costumam ser um pouco caras, em torno de R$400 à R$600 e você pode encontrar na Linha Modu ou na Store House Coisas da Doris.

Letras decorativas: Adesiveshop TokStok

porta maquiagem

Porta treco

Uma dica de diy para o quarto que eu acho que pode mudar totalmente o ambiente e ainda colaborar para a sua organização são os potinhos decorativos, maison jars, bowl, ou como você preferir chamá-los. Para mim são ótimas opções de porta pincéis e porta bijus, que tal?

Como fazer: Sabe aqueles potinhos de maionese de vidro? Então, não jogue fora. Esterilize o recipiente, e com tinta acrílica ou cola despeje por todo o interior {se preferir acrescente glitter} e voilá. Para deixar ainda mais personalizado vale colocar no topo animais ou itens que você ama!

almofadas

Almofadas fofas

As almofadas são uma ótima opção de decoração, fica muito fácil mudar a cara do ambiente, você pode escolher as cores de acordo com o seu humor e mesclar com frases divertidas.

Onde encontrar: Decohouse Collector55

Como fazer: que tal abusar de desenhos por estêncil e fazer aplicações banacas em capas de almofadas lisas?

gallery wall bedroom

Gallery Wall

O diy para quarto mais queridinho de todos os tempos é a parede de quadrinhos. As blogger it usam e abusam dos acessórios para dar uma nova cara ao quarto, e quer opção mais bacana? Com eles você consegue expressar a sua personalidade com facilidade e ainda deixar o ambiente mais alegre!

Onde comprar: Posters Minimalistas Old Posters e Collector55

quadro de cortiça

Cortiça na parede

Outro diy para o quarto que fica super bacana e é bem baratinho de fazer é o quadro de cortiça. Eles servem como calendário, para colocar post its ou lembretes do dia dia. Um dia de decor e organização ao mesmo tempo.

Como fazer: Você só vai precisar de um pedaço de cortiça, tinta, cola branca, tesoura ou estilete e muita criatividade para fazer da maneira que mais gostar.

Bom, é isso galera! Espero que tenham gostado muito do post e façam por ai, fiquem de olho no blog que logo mais terá tour aqui no meu quarto.

Pin It
23 de agosto de 2016

Look do Dia: Preto e Branco

look do dia

O look de hoje é mais uma inspiração para vocês. Entre as mais diversas combinações, descobri que uma das minhas favoritas é o preto e branco, para mim é o casamento perfeito, assim como café com leite, o look preto e branco é clássico e cabe para qualquer ocasião. Bateu aquele dúvida do que usar no final de semana? Look preto e branco. E para sair com o crush? Preto e branco e assim vai..

Pensando em como combinar algumas peças chave e rápidas, é fácil encontrar as combinações que fiz neste look, como vocês perceberam, a saia + blusa + bota fizeram um look completíssimo que se combinado a um bela bolsa tira colo fecha o look com chave de ouro.IMG_8823-min IMG_8828-min IMG_8829-min

Dicas para as baixinhas como eu

Caso queira apostar em um look parecido com o meu basta investir em peças que não façam muitos recortes no corpo, como por exemplo: ao invés de usar a bota over the knee, vale apostar em um scarpin nude, ou uma sapatilha nude para alongar a silhueta.

Outros jeitos de usar um look preto e braco

Saia com camiseta

Saia preta e camiseta branca, esse é um truque simples de combinação de look preto e branco, que basicamente, todas nós temos no closet e super fácil de produzir compondo com acessórios nude, caramelo e até mesmo com cores mais vibrantes como o vermelho.

Blusa com short

Shorts preto, básico, fácil de achar e peça super chave no nosso acervo pessoal. Vale apostar em shorts preto com uma t-shirt ou blusinha básica para tornar um look básico em algo um pouco mais produzido. Para dar aquele up no visual, vale apostar em maxi colar e brincos étnicos que chamem bastante a atenção.

Calça + Casaco

E que tal aquele look para ir para o trabalho? Simples, uma calça preta + cardigãzinho fofo, que tal? A minha ultima aquisição foi um desses e não me arrependo nem um pouco, essas duas peças vão com tudo, e quase saem andando sozinha, não é mesmo? Hehehe eu amooo 😀

Legging e blusa

E para um look preto e branco super confort, perfeito para aquele look de blogueira que vai pegar o avião, sabe? Vale apostar em uma legging disco bem bacana, com uma blusinha branca, tênis branco e pronto, já arrasou no minimalismo fashion e está preparada para o look airplane perfeito. Bora testar os looks?

Descrição do look preto e branco

  • Blusa: C&A
  • Saia: Forever21
  • Bota: Passarela

É isso pessoal, espero muito que tenham gostado, não esqueçam de me seguir nas redes sociais para acompanhar os looks reais o dia a dia que também servem super de inspiração.

Pin It